Translate

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Dica 16 – aprecie seu próprio tesouro


Não inveje. A inveja é a arte de contar as bençãos alheias, ao invés das próprias. Pergunte-se o seguinte: “O que é que eu tenho que todas as outras pessoas desejam?” Não para se convencer que está melhor que os outros, mas para que você possa valorizar o que tem.  Valorizar seu tesouro é valorizar suas conquistas. Seu tesouro pessoal não é formado apenas pelas coisas materiais que você possui, mas também pelo passado que construiu, sua reputação, seu nome, respeito que os outros lhe atribuem, as amizades que fez, sua FAMÍLIA! Valorize tudo isso, em vez que invejar o dos outros. Invejamos o que dói ver nos outros por faltar-nos. Às vezes apenas achamos que falta. Por vezes olhamos na novela ou na propaganda aquela família perfeita, a chamada ‘Família Doriana’*, e desejamos que a nossa fosse igual. Você estará olhando a metade vazia do copo se desejar isto. Aprecie o que você tem, e que lhe faria muita falta se não tivesse. Gostaria de estar sozinho no mundo? Sem amigos, sem família (por mais problemas que eles tenham ou lhe causem)? Você acha que não chegou tão longe na vida quanto outras pessoas que conhece?
Então você está desprezando todo o seu sacrifício no passado para estar onde chegou. Para podermos nos comparar com outras pessoas, teríamos que colocar a todos na mesma base de comparação, com as mesmas oportunidades e condições, durante toda a vida. Sabemos que não é assim. Talvez você tenha se sacrificado muito mais para conseguir o que tem, se comparado ao outro que possui igual ou maior patrimônio que você. Mas só você o saberá. Apenas a você cabe valorizar seus sacrifícios, seu patrimônio pessoal. Se o boi só cresce com os olhos do dono, pare de olhar a boiada do vizinho e faça crescer a sua!


*Referência aos comerciais da marca de margarina Doriana, em que uma família inteira à mesa toma café da manhã sempre sorrindo e brincando.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...