Translate

sábado, 26 de abril de 2014

Dica 25 – não finja estar tudo bem

Pare de agir como se tudo estivesse bem, quando não está. – É perfeitamente normal desmoronar por um breve período. Você nem sempre precisa fingir que é o mais forte, nem constantemente tentar provar que tudo está indo bem. Você tampouco deveria se preocupar com o que os outros pensam – chore se precisar – é saudável colocar suas lágrimas para fora. Quanto mais cedo você o fizer, mais cedo você estará apto a sorrir genuinamente de novo. É saudável oscilar entre bons e maus momentos. Quanto maior sua capacidade de passar pelas maiores tempestades e calmarias sem que o barco afunde, maior sua resiliência. É a elasticidade que você tem em ser pressionado nos piores momentos, mantendo-se calmo(a), tranquilo(a) e objetivo(a). É sinal de saúde mental. Não fingir que está tudo bem é algo extremamente difícil em nosso mundo de aparências.
Somos treinados desde cedo, até mesmo nos contos de fadas, que se algo não está bem, logo ficará (o famoso ‘final feliz’), e que devemos acalmar-nos e pedir para forças maiores que nós para que intercedam a nosso favor. Não é à toa que se faz promessas por tudo, até por coisas totalmente insignificantes e simples. O valor do sagrado decaiu ao patamar dos mínimos desejos materiais possíveis. Esquecemos que ter a percepção de que algo não está bem, e agir de acordo com isto, não é sinal de fraqueza, de desconfiança do ‘divino’ ou falta de esperança de que terminará tudo bem. É sinal de alerta, de que você está vivo e atento, e que fará de tudo para que o que é correto, do que se espera que ocorra, realmente ocorrerá. Você não precisa duvidar de que ‘forças superiores’ lhe ajudarão a sair deste momento difícil... mas não acha que você pode estar abusando da boa vontade de seu Anjo da Guarda? Invariavelmente as coisas podem dar errado. Tenha sempre certeza de que você fez todo o possível para que desse certo! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...