Translate

terça-feira, 29 de abril de 2014

Dica 28 – não se preocupe demais




Pare de se preocupar demais. A preocupação não removerá os obstáculos do amanhã, mas removerá as delícias do dia de hoje. Um modo de verificar se algo vale o esforço de super ponderar a respeito é se fazer a seguinte pergunta: “Isso importará daqui a um ano? Três anos? Cinco anos?”. Se não, então não é nada que valha o esforço de preocupar-se. Além disto, o que está muito além do seu alcance resolver, remediado está. A aceitação de uma situação ou de algo ruim é muito difícil a qualquer ser humano. Achamo-nos, por vezes, muito poderosos (a chamada inflação de ego), até que vem a vida e nos dá um belo tapa na cara, não é verdade? Ás vezes merecemos, mesmo sem admitir: não percebemos as nuvens tenebrosas que se acercam da colina que estamos escalando. Não vemos o risco que corremos. Esquecemos de calcular que a chance de acertarmos, e dar tudo certo, é a mesma de que tudo dê errado! E por vezes, isto ocorre, e é natural que ocorra.
Mas se você fez tudo o que podia e só lhe resta esperar, deixe de lado a preocupação. Se você se preocupa demais, é sinal de que está agindo menos, pensando demais, e da maneira errada. Nossa mente é uma ferramenta a nosso dispor: como um martelo, se usada da maneira errada pode até quebrar-se. Não faça conjecturas de cenários que possam diminuir sua esperança de que tudo dê certo no final: se tem a certeza de que fez o seu melhor, e o possível, então para quê se julgar? Algumas pessoas tem a tendência de depreciar a si próprias e suas decisões. Em geral, seus pensamentos se iniciam com preocupações que estão além de suas ações. Então corte o mal pela raiz: se puder agir, aja! Se não puder, deixe a preocupação de lado: ela não vai te ajudar a resolver o problema! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...