Translate

terça-feira, 20 de maio de 2014

Pergunta 15: Você sabe fazer algo que nenhuma outra pessoa consegue?

Às vezes as pessoas confundem muito este tipo de pergunta, e acreditam que se trata de uma competição. Acham que eu perguntei: você consegue fazer algo MELHOR do que todas as outras?... e não é isto que perguntei. Não é uma questão de fazer melhor, e sim de fazer DIFERENTE! Refiro-me à sua individualidade: há algo de especial em você, que já tenha percebido? Um dom? Algo de totalmente diferente e que não tenha percebido em nenhuma outra pessoa?
Pois garanto-lhe que tem. Na maioria das pessoas, apenas não descobriram qual é. Ou não perceberam. Mas sempre tem algo que diferencia uma pessoa de todas as outras, SEMPRE! Senão seríamos alguns totalmente iguais aos outros, e na realidade sabemos que ATÉ IRMÃOS GÊMEOS são diferentes uns dos outros, não é verdade?
O fato das pessoas confundirem esta pergunta também é algo muito importante. Vivemos num mundo quase que totalmente capitalista e, por conseguinte, competitivo ao extremo: todos devem tentar ser melhores que os outros. Acontece que não é possível que todos estejam no alto do pódio, sempre. Então a grande maioria se frustra por não conseguir alcançar a riqueza que deseja, os bens, o status, a fama, etc. Mas ninguém pensa que o seu próprio ‘dom’ independe do reconhecimento alheio: para existir basta que o pratique muito bem, independentemente até mesmo de você perceber ou não.
Um excelente professor, por exemplo, pode saber ensinar seus alunos de modo que eles sintam curiosidade e gosto por se aprofundar nos estudos, por exemplo. E mesmo que outro professor consiga tal fato, é certo que cada qual fará de sua própria forma, mesmo que com mínimas diferenças. Ambos tem um dom, independentemente dos alunos, a escola, ou o próprio professor reconhecer isto.
Mas reconhecer seu dom permite que você dedique uma parte maior de sua consciência a este dom que já possui. Permite tomar escolhas conscientes de forma a maximizar os efeitos benéficos das suas ações. Um professor que reconheça a si próprio como sendo um ótimo profissional, sabendo de que gosta de sua profissão, dificilmente irá abandoná-la para tentar uma outra carreira em que receba melhor salário, se puder optar conscientemente. Ganhará a sociedade, seus alunos e o próprio professor, que evitará ser um profissional frustrado em outra carreira. Pense nisso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...