Translate

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Pergunta 17: Se há algo que você quer muito fazer, o que está te impedindo?


Às vezes, saber organizar nosso pensamento, e dar um passo de cada vez, pode nos deixar cada dia mais próximo do que desejamos muito fazer (e nos parece impossível conseguir).  Geralmente muitas das coisas que desejamos muito são difíceis de se conseguir (exatamente por isso, já que se fosse fácil, já teríamos feito/conseguido fazer). Muitas vezes protelamos começar a lutar pelo que achamos ser difícil, nem sequer tentamos, enquanto o sonho fica ali, como em um quadro em cima da estante, para ficarmos vislumbrados esperando que caia do céu.
Já parou para pensar que, talvez, você esteja protelando porque esteja com preguiça de, após alcançar seu desejo/objetivo, tenha que colocar um outro no ‘pedestal dos desejos’?
Que o ser humano é um poço sem fundo de ‘querer’ e ‘desejar’, tal fato já é conhecido há muito, desde os teólogos até psicólogos e filósofos. Mas talvez você prefira deixar seu desejo ali, parado, só para ficar desejando, não para ser usufruído. Talvez você tenha medo do que irá desejar, depois de conseguir o que quer hoje. Talvez você tenha medo de ter sonhos maiores do que tem, depois de atingi-los. Talvez arranje desculpas cada vez maiores para impedir-se de dar o primeiro passo rumo ao que você realmente quer.
Hoje, apesar de não me considerar velho, creio ter razoável experiência na vida para garantir que nada, absolutamente NADA é impossível, para ninguém. Já publiquei neste site, algumas semanas atrás, minha história pessoal quanto a isto. Mas não posso colocar minha confiança em uma caixinha e distribuir para todo mundo por aí. Cada um terá que conquistar a sua. E o caminho para isto certamente passa por terras de grande incerteza, dúvidas, tristeza, sentimento de impotência e incredulidade. A questão é não ser dominado por estes obstáculos.
Por mais que o objetivo final pareça impossível, se é realmente algo que você quer, dê o primeiro passo em sua direção. Depois dê o segundo. Depois o terceiro... Talvez quando chegar no segundo passo, você veja que entre um lado e outro do precipício há uma ponte de cordas, e que o que parecia impossível, agora é ‘apenas’ difícil. Quando estiver no meio da ponte, poderá crer que sim, que é possível sim! Talvez a um passo de pisar do outro lado, você ainda não acredite que é possível.  Isto já aconteceu comigo: pisando do outro lado, ainda não acreditava que tinha conseguido! Isto é tolerável, só não deixe de continuar andando. Não fique parado, nem regrida: continue, mesmo que pareça impossível. Não tem nada te prendendo atrás. Se você acredita que tem, olhe: olhe detidamente atrás de você e veja se tem algo que te impede. Ás vezes são cordas imaginárias que nos prendem. E esteja certo que se for algo que realmente você deseja, nenhuma corda imaginária (ás vezes nem mesmo cordas reais) serão capazes de te impedir!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...