Translate

terça-feira, 3 de junho de 2014

Pergunta 29: Você se importa com os aborrecimentos do dia a dia?


Você se lembra daquela vez cinco anos atrás, quando você estava extremamente chateado(a)? Does it really matter now? Será que realmente isto é importante agora?
Percebe como as pequenas coisas nos aborrecem muito, porém tem pouco ou nenhum efeito em nossa vida futura? Percebe também como são tão poucas as coisas realmente importantes? Já parou para analisar em todos os fatores que contribuíram para as coisas mais importantes para você hoje? Você lhes dá o devido valor? Cultiva-os(as) para que fiquem vivos(as) em sua memória, e gerem novos frutos positivos, de você para com as outras pessoas?
Não entendeu ainda? Vou dar um exemplo pessoal, e tenho certeza de que a pessoa envolvida lerá este artigo e saberá que foi ela. Há muitos anos, eu estava começando (havia algumas semanas) em um novo trabalho. Eu estava apreensivo, pois tinha sérias dúvidas sobre minha capacidade frente a um trabalho tão importante. Saí cedo de casa, e no meio do caminho, uma chuva muito forte me pegou, e mesmo com guarda-chuva cheguei completamente molhado no local de trabalho, e ainda por cima atrasado alguns minutos.
Para meu desespero, a pessoa mais importante daquele meu trabalho estava ali, naquele momento (a chefe do meu chefe). Achei que no mínimo levaria uma advertência pelo atraso, ou algo pior. Esta pessoa se mostrou extramente preocupada em que eu não pegasse um resfriado (coisa que eu mesmo não estava, tamanha minha preocupação com o trabalho), a ponto de mandar um outro funcionário me comprar uma camisa nova, apenas para que eu não passasse frio todo molhado.
Talvez até o dia de hoje esta pessoa não soubesse o quanto aquela ação ficou marcada em minha memória, e o valor que dou até hoje (é daquelas histórias que pretendo contar para meus filhos, para que eles aprendam o valor de coisas aparentemente pequenas na vida). Aquela simples ação me fez com que sentisse que eu era aceito naquele lugar, e com o tempo também senti que era capaz. Bem, posso dizer que se isto não tivesse ocorrido, ou ocorresse de outra forma, talvez meus pensamentos de incapacidade para aquele trabalho tivessem se confirmado em minha mente, e eu tivesse bloqueado todo o futuro que eu tinha (e que hoje virou realidade).
Eu poderia ficar relembrando dos aborrecimentos que lá tive também, como em todos os outros locais de trabalho. Quanto a estes, prefiro lembrar sem emoções. São apenas desencontros, problemas de comunicação ou alguns poucos ‘maus dias’ que eu ou algumas pessoas à minha volta tiveram (como tem o direito de ter, somos humanos).
Então, não dê importância para os aborrecimentos... dê sim às pequenas coisas de valor que te acontecem todos os dias, e que muitas vezes passam despercebidas. Você verá que terá muitas destas histórias, como as acima, para contar aos seus filhos e netos, e encher seu coração de calor e boas recordações ao longo de sua vida! Pense nisso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...