Translate

sábado, 14 de junho de 2014

Pergunta 40: quando foi a última vez em que a única coisa que te apoiava era o brilho suave de uma ideia em que você acreditava?

Quando somos mais jovens arriscamos mais, somos mais ‘idealistas’, acreditamos mais em um mundo mais justo, digno, feliz. Acreditamos mais nas pessoas e principalmente, em nós mesmos.
Mas o tempo vai passando, e as frustrações da vida vão nos decepcionando e minando nossa força de vontade em mudar o mundo para melhor.
O mundo não mudou. Mas nós vamos mudando. E na maioria dos casos, enfraquecendo também. Vamos deixando de alimentar aquelas ideias que nos alimentavam quando não tínhamos nada além da esperança e força de vontade. As ideias nunca morrem dentro de nós.
Quem assistiu o filme ‘A origem’ (se não assistir, assista, e reflita sobre a força de uma ideia dentro de você) sabe que se as ideias não são fortalecidas pela sua vontade e consciência, sobrevivem na escuridão da inconsciência, alimentada por complexos ideo-afetivos, por angústias, dores, e por tudo mais que queremos esquecer, mas continua sobrevivendo dentro de nós.
Mas quando ocorre o contrário, descobrimos o quanto uma ideia pode nos apoiar, quando todos estão contra nós. Lembra-se qual foi a última vez em que todos estavam contra você, porém você seguiu até o final, pois acreditava até o fundo de sua alma na sua ideia? É necessária muita força e caráter para confiar assim em uma ideia. Infelizmente, na maioria das pessoas, esta fase ‘de caráter’ dura apenas a adolescência, quando ainda estamos impregnados da inocência da infância, ao mesmo tempo em que já temos força para contestar todas as lambanças que os adultos fazem e continuam fazendo.
Alguns chamam, pejorativamente, os adolescentes de idealistas, assim como todo adulto que luta cegamente pelas ideias em que acredita. Mas você já parou para pensar onde está a razão? Talvez algumas ideias sejam impraticáveis, por melhores que elas sejam... mas você não acha que só saberemos isto se alguém, pelo menos uma pessoa, tentar? Você luta pelas coisas em que acredita? Se não, então não reclame do mundo, pois por pior que ele seja, não é pior que sua omissão. Agora se acredita que ele pode ser melhor, lute por isso. Se você tem uma ideia em que acredita, e tem força de vontade, não precisa de mais nada, e de mais ninguém! Pense nisso!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...