Translate

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Pergunta 46: Você age diferente quando é observado?


Se sim, não se preocupe, é normal termos receio de sermos observados e, consequentemente, julgados. Gostamos mais de estar do lado da plateia, não é verdade? Mas já pensou em se considerar o ator principal do grande show que é sua própria vida?
Talvez pensando assim mude um pouco sua perspectiva e o medo de que te observem e te analisem. Veja a vida como um grande palco. Veja os desafios como os pontos altos da história. Concentre-se em dar o seu melhor. Arranque aplausos, e não se incomode com as vaias (até os melhores atores já as receberam). Siga o roteiro, mas se esquecer o texto, IMPROVISE!
Nunca se esqueça que quem controla sua vida é unicamente você. É certo que por laços familiares, por promessas, por sentimento, e por diversos outros motivos, estamos vinculados a outras pessoas. Mas não devemos confundir estes laços, às vezes de dependência, como submissão. Quando temos receio de sermos avaliados e julgados pelas outras pessoas, independentemente de estarmos certos ou não no que fazemos, estamos assumindo uma posição de escravos da opinião geral.
Reflita se você percebe esta dificuldade, e procure avaliar os motivos, em especial em seu passado, talvez na infância. O que lhe prende à opinião dos outros agora?
Saiba que antigamente, para se domesticar elefantes, pegava-se um tronco de árvore cortado e ainda enraizado na terra, e prendia-se o filhote nele com uma corda, para que ele não fugisse. Depois de crescido, tirava-se a corda, e substituía-se o tronco por um banquinho, parecido com o tronco cortado. Apesar de estar totalmente sem nada que o amarrasse, o elefante não fugia, pois pensava que  não era capaz de romper a corda... que agora só existia em sua mente... 
Pense nisso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...