Translate

domingo, 6 de julho de 2014

O Tempo (4): desconecte-se do DRAMA ao seu redor










Já percebeu quanto drama as pessoas fazem pelos problemas da vida? Para elas parece que o mundo piora a cada segundo: violência, roubo, mortes, acidentes, catástrofes, crises econômicas... você já parou para perceber que apesar de tudo isto, você consegue levar sua vida sem maiores percalços, a cada dia?


Pois é. Não é necessário ser um cidadão alienado. Você pode sim ler no jornal sobre o aquecimento global, sobre a crise econômica e sobre a alta taxa de violência, e se manter informado, e ainda assim sair para ir ao teatro, comprar bons livros, curtir sua família, e ser feliz. A mídia e as pessoas no geral focam em demasiado o lado ruim da vida, que SEMPRE, SEMPRE!!!! existiu, e CONTINUARÁ existindo. Não esqueça disto: por mais que queiramos que não exista, SEMPRE existiu violência, crise, catástrofes... E tudo isto não te impede de continuar a viver sua vida.
Tamanho é o drama que se faz destas coisas que digo ser praticamente certo que você adquirirá alguma neurose, ou até depressão, se diariamente acompanhar alguns tipos de programas de televisão do gênero, ou constantemente tiver a companhia de uma pessoa pessimista ou negativa ao extremo.
Preocupe-se com a violência, mas tomando os cuidados necessários, não se torne neurótico a ponto de evitar sair de casa, ou estressar-se com a preocupação constante com seus bens ou sua segurança. Isto não é vida. Se você mora em algum lugar inseguro, veja o que pode fazer (até mesmo a possibilidade de mudar) para que tenha o mínimo de tranquilidade para ter sua vida.
Não gaste tanta energia com este tipo de tensão, pois você pouco poderá fazer (a não ser votar em governantes que sejam competentes ou torcer para que catástrofes naturais e acidentes não ocorram), e a energia aí investida lhe faltará para outras áreas da sua vida, como dar mais atenção à sua família e a você mesmo(a).
Pense nisto!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...