Translate

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Lição 2 : Não se consegue nada grande na ZONA DE CONFORTO

A tendência, quando a vida vai passando, é de nos acomodarmos, mesmo estando insatisfeitos com o que conquistamos até agora. 
O ser humano, em regra, é um ser insaciável. Raramente se sente plenamente realizado e preenchido por um razoável período de tempo. Sempre queremos mais, sempre desejamos poder mais, avançar mais, chegar mais longe. Isto é inato, está no seu inconsciente, faz parte de sua natureza. Ir contra este instinto de evolução é entrar em uma guerra contra a qual você não tem chances de ganhar.
Não nascemos para ficarmos parados. Nascemos para evoluir. Cada um no seu ritmo, é verdade, mas o simples fato de estarmos vivos já é uma vitória nossa contra diversos obstáculos, traumas, desafios e riscos. A vida é um milagre. Estar vivo é um milagre. Dê valor a esta preciosidade, e não jogue fora o curto período de tempo que se passa entre seu nascimento e sua morte!
Se você tentou outras vezes e não conseguiu, isto não quer dizer que não conseguirá agora. Não use suas derrotas como desculpas. Todos nós tivemos nossas derrotas, e teremos outras mais. Enquanto não aprendemos a lidar com isto, agimos como crianças birrentas frente aos desafios naturais que a vida nos impõe. 
Viver na zona de conforto é entregar-se, desistir de lutar. É morrer para a vida antes dela terminar. É esperar o último dia chegar. Se estiver se sentindo assim, pense em todos os sacrifícios que você e todos que te amam e te apoiaram fizeram para que chegasse onde chegou. Vai deixar que estes sacrifícios tenham sido em vão? Vai ignorar todo o esforço feito até você chegar aqui? É para isto que valeu tudo o que já lutou?
Sempre haverá algo a mais pelo que lutar, lembre-se disto. A vida só termina quando acaba (apesar de parecer redundante, seu significado não é). Lute por algo mais, não fique na mesmice. Não deixe a vida terminar antes de acabar. 
Pense nisto!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...