Translate

domingo, 28 de setembro de 2014

Lição 21: Não endureça seu CORAÇÃO: deixe o AMOR entrar, quando ele vier...

Ao longo da vida todos acumulamos decepções, tristezas, arrependimentos e ingratidão. Muitas pessoas começam a endurecer-se, defensivamente. Não confiam mais, não creem mais, não amam mais. Não querem de decepcionar. Não querem ser traídas novamente. Não querem perder de novo. Mas elas esquecem que só há vida quando há troca.
Lembro-me neste momento das aulas de meu professor Waldemar Magaldi. Através de diversas analogias apresentadas, tanto físicas, biológicas, psicológicas, filosóficas... ficou mais do que claro para mim que só há vida onde há troca, e só há troca onde há amor. Não simplesmente o amor romântico, mas o amor à vida e a tudo que está a ela ligado.
Criar uma armadura ao seu redor após grandes decepções não te impedirá de sofrer.
Se você respira (uma das trocas físicas básicas de seu corpo com o ambiente para lhe permitir a vida), poderá fazê-lo de forma tensa, brusca, antinatural... ou deixar o ar entrar e sair naturalmente. Se você se alimenta (outra troca física básica da vida biológica), poderá ter sua digestão afetada pelo stress da vida, pelas decepções, raivas, tristezas, medos e ansiedades... como acontece com muitas pessoas... ou vivenciará cada momento, seja ele bom ou ruim, deixando-o passar pela sua vida, indo embora da mesma forma que veio, quando for o momento.
Da mesma forma, se alguém te entristeceu hoje, não bloqueie a possibilidade de ser feliz amanhã. Não creia que você pode se isolar da vida. Ela é feita de sentimentos, sejam eles bons ou ruins. Mas os bons momentos só ocorrem se você estiver aberto para recebe-los. Claro que, estando abertos, estamos expostos também às decepções e tristezas. Mas sem confiança de que algo bom possa acontecer, sem se expor à vida e a tudo que ela pode nos oferecer e trazer, a felicidade nunca te encontrará. Desta forma, fechar-se a ela é não querer trocar. E não trocar, é não viver. Em suma: se você não está aberto à vida, ao amor, você já morreu. Apenas sobrevive.
Pense nisto.

Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...