Translate

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Lição 24: NUNCA tenha VERGONHA DE FALAR!

Conheço muitas pessoas que são adeptas do ‘calar-se para evitar discussões’, ou para ‘evitar olho gordo’, ou que ‘os outros saibam o que você quer e cheguem antes que você lá’. O que elas não percebem é que dão valor demais a quem vai ouvir suas palavras, e esquecem que antes de serem proferidas, as palavras foram pensamentos criados por sua mente (seja consciente ou inconsciente). E quando foram gerados, você acreditou nelas?
Pergunto por uma simples razão: a maioria das pessoas que fala demais são aquelas que não acreditam em si próprias nem nos seus próprios pensamentos, e precisam expô-los à confirmação alheia. No final, querem saber o que pensa a maioria, e aí agem... mesmo assim, com muita indecisão.
Os que falam de menos acreditam demais no poder do pensamento que ainda não virou ação. Sentem-se como que roubados de suas ideias se alguém descobri-las. Imaginam-nas como um tesouro que deve ser guardado a sete chaves... e esquecem que vivemos em um mundo do compartilhamento de informações, em que o pensamento conjunto dá origem a grandes ações, em qualquer área. Por este motivo, em geral, este tipo de pessoa não consegue levar concretizar o que pensa. Não consegue unir outras pessoas em torno de suas causas. É um solitário que vive com medo de si próprio (pensando que tem medo dos outros), já que seu próprio inconsciente será seu maior perseguidor contra esta resistência.

O mundo de sua mente é real. Chamamos de ‘realidade psicológica’ porque ele realmente existe para você. Trazê-lo a este mundo, fazendo com que ideias e pensamentos transformem-se em realidade, depende unicamente de você e de sua força de vontade. Quanto mais energia você gastar resistindo à natural tendência de dividirmos com os outros nossos sentimentos, medos, vontades, raciocínios... menos energia você terá para fazê-lo tornar-se realidade, e menos apoio das outras pessoas para ajuda-lo nesta tarefa. Como você quer que os outros façam o que acredita ser o certo, ou partam em busca de um sonho que você acredita ser muito bom, se não compartilha com elas a sua visão?
Compartilhar é algo natural do ser humano, que infelizmente estamos esquecendo cada vez mais. Não se importe com os destruidores de sonhos (aqueles que, principalmente na internet) gostam de criticar, destruir ideias e nunca contribuem positivamente para nada), foque as boas pessoas que podem compartilhar do seu pensamento e fortalece-lo, para atrair mais gente ainda e fazer com que as boas ideias prevaleçam. É o que mais o mundo precisa hoje. Pense nisto!

Até amanhã
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...