Translate

sábado, 4 de outubro de 2014

Lição 27: Não julgue o livro pela capa: dê-se a chance de conhecer melhor as pessoas

Por mais que já conheçamos este muito batido ditado, é comum que esqueçamos de praticá-lo no dia a dia, especialmente quando somos tratados com rudeza ou frieza por alguém a quem acabamos de conhecer. Pois saiba de antemão que muitas das pessoas rudes estão na verdade clamando por ajuda, por atenção e carinho, e esta é a forma, infelizmente agressiva, que aprenderam a pedir isto. Eles pedem o que tanto precisam, atacando, porque tem medo de se machucar. Mas acabam machucando a si próprios e aos que estão à sua volta, que cada vez mais se afastam.
Claro que nem todas as pessoas desagradáveis o são por este motivo. Algumas realmente merecem distância, são fontes naturais de confusão, desrespeito e raiva. Mas como vivemos em coletividade, invariavelmente seremos, num ou noutro momento, obrigados a dividir alguma tarefa, espaço, atividade com todo tipo de gente. Então, dê tempo para que cada um mostre quem realmente é. Da mesma forma que é pouco provável que apenas com uma primeira impressão alguém já possa afirmar que te conhece, o mesmo vale para você com relação às outras pessoas.

Se você tem mais de 30 anos, como eu, já deve ter se enganado algumas (ou diversas) vezes, em especial quando descobrimos que aquela pessoa à qual queríamos distância na realidade tem um ótimo coração, só visível com muita atenção, paciência e tempo (coisa que pouco temos hoje em dia). Resista sempre à tentação de julgar ou supor.
Quando somos tratados com raiva ou indiferença, é praticamente imediato o revide. Mas quando somos bem tratados, de forma educada, atenciosa e respeitosa, mesmo assim, por estarmos de mal humor ou simplesmente por não irmos com ‘a cara’ da pessoa. O mesmo pode ocorrer conosco. Mas ninguém resiste por muito tempo à boa educação e respeito. Mesmo que inicialmente tenha havido uma péssima impressão de alguém, trate esta pessoa com respeito e atenção, e dê tempo para que você possa  realmente ter certeza de que se trata ou não de uma boa pessoa.
Afinal, todos nós temos um mal dia, ou mesmo nossa aparência com certeza não agrada a todas as pessoas. Mas nossas atitudes, ações, comportamento e reações sim, desde que estejamos conscientes deles. Pense nisto!

Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...