Translate

domingo, 5 de outubro de 2014

Lição 28: PERDOAR não é ESQUECER: não cometa o mesmo erro DUAS VEZES

A confiança é um vaso que se quebra facilmente. Mas uma vez restaurado, é feito de cacos: nunca mais será o mesmo. Queiramos ou não, sempre sobra alguma dúvida lá no fundo sobre aqueles aos quais demos nossa confiança e fomos retribuídos com traição. Pois mantenha sempre um pé atrás, sempre, se a pessoa em algum momento não correspondeu ao crédito que você lhe correspondeu.
Qualquer pessoa que você acaba de conhecer merece um voto de confiança maior do que qualquer um que já lhe tenha mentido. Errar duas vezes por inocência é imperdoável. Há muitas, muitas pessoas que merecem seus créditos, que você lhes dêem uma chance. Não jogue fora com quem não deu valor a ela quando teve a oportunidade.

Falo aqui de qualquer situação na qual um precisou acreditar na palavra do outro e não foi correspondido. Perdoar não significa confiar novamente. E você, que tem mais de 30 anos (tema desta sequência de postagens) certamente já ‘deu com os burros n’água’ alguma vez, voltando a acreditar naquela pessoa que, ao final, não merecia nem um pouco da sua atenção, quanto mais da sua confiança.
Há pessoas que são naturalmente mentirosas e enganadoras e não percebem maldade nenhuma nisto (estas irão sofrer muito na vida). Outras são espertalhonas, querem se beneficiar mais e mais dos outros, e não sentem culpa quando fazem o mal: pelo contrário, sentem-se vitoriosos por enganar mais um ‘trouxa’. Independente de qual seja o caso, nenhum dos dois tipos ou de qualquer outro merece seu tempo, atenção e energia.
Há muita gente boa neste mundo. Gente honesta, sábia, respeitosa e confiável. Deixe os enganadores esganarem-se uns aos outros, não perca tempo separando a briga deles. Mas mantenha sempre em sua memória quem são eles: uma vez perdida, a confiança nunca mais é a mesma. Pense nisto!

Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...