Translate

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Não se lamente (10) por achar que nunca está pronto: AGORA é a HORA!

Há pessoas que utilizam a espera pelo melhor momento como desculpa para não agir. Nunca estarão prontas, o momento nunca chegará. Há outras que não confiam suficientemente em si mesmas, e acham que a coragem virá com o tempo, até que o que tanto queriam fica tão longe que são obrigados a desistir de seus sonhos. Nenhuma destas pessoas costuma parar e pensar que a única coisa que é necessária é extremamente simples, por mais complexa que seja o problema: você só tem que decidir o que fazer e seguir em frente!
A qualidade da decisão não está, na maioria das vezes, diretamente relacionada ao tempo que você gastou pensando e remoendo o problema que quer resolver. O que é comum é gastar muito tempo sofrendo com a angústia da indecisão, e no final, tomar a pior decisão possível, quando a toma (a decisão mais confortável para quem a toma, muitas vezes a menos arriscada e menos provável de leva-la ao objetivo pretendido).
Arriscar é algo natural da vida. Jogar-se na decisão que tomou também: assuma os riscos de sua decisão, acredite mais em você e vá em frente! Se você errar, se não conseguir, se der algo errado, pelo menos você tentou, mas não usou a postergação como desculpa.

Basta você fazer o melhor que puder, dentro da possibilidade de tomada de decisão que você tem no momento. Nunca teremos 100% das informações para se tomar uma decisão. Nunca teremos total certeza de que algo dará certo, pois sempre poderá ocorrer algo de errado. Se não fosse assim não seria uma decisão (uma escolha)... Tudo o que fazemos, até nossa ‘não tomada de decisão’, são escolhas, o tempo todo. Você neste momento decidiu ler esta postagem em vez de outros sites, isto é uma escolha.
Se você ainda não se convenceu, pense nos atletas de alto desempenho. Se já viu algumas entrevistas deles, perceberá que os grandes campeões, quando questionados sobre a decisão que tomaram em algum lance decisivo em sua vitória, na maior parte das vezes dizem que foi natural, simplesmente fizeram porque acharam que deviam fazer. Por mais que depois de uma partida eles possam analisar verbalmente durante muito tempo algum lance, o importante é que no momento necessário, fizeram, assumiram o risco da decisão e executaram-na. Não ficaram parados pensando no que deveriam fazer.
O mesmo é na vida. Ela não para a fim de que você tome sua decisão quando você acredite ser seu melhor momento, é ela (a vida) quem decide quando você deve decidir, e exige uma resposta. O melhor que você pode fazer é toma-la, agir, e acreditar que fez o certo.
Pense nisto!

Até amanhã.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...