Translate

sábado, 25 de outubro de 2014

Não se lamente (18) deixando que alguém se aproveite de você infinitamente!

É muito difícil perceber quando estão abusando e nossa boa vontade, quando se trata de pessoas a quem temos grande consideração, respeito e amor. Por vezes somos alertados por outros que realmente se preocupam conosco, mas não damos ouvidos, tal nosso empenho e preocupação com quem não é digno de nosso esforço.
Nestes casos, a lamentação só virá depois de muito tempo e energia perdidos com alguém que irá procurar outra vítima de sua ‘folga’. Esteja alerta sempre para este tipo de pessoa, pois com experiência é possível saber discernir quem realmente precisa de nossa atenção e ajuda, e quem pode caminhar com as próprias pernas mas se faz de manco.

Não tente entender este tipo, além da compreensão que existe índole: algumas pessoas nasceram e cresceram assim, e continuarão assim, pois sempre existirá alguém inocente que elas conseguirão convencer, de uma forma ou de outra, a fazer o que querem. Da mesma forma que existem formigas parasitas em algumas espécies, que não ajudam o formigueiro e ainda se alimentam do trabalho das outras, existe gente assim também.
Valorize-se, valorize seu tempo, sua energia, seu histórico e as pessoas que realmente se preocupam e merecem seu respeito. Ao perceber que está sofrendo tal abuso, corte imediatamente qualquer ajuda sem se preocupar com a reação ou o efeito que terá sobre o(a) tal ‘folgado(a)’. Certamente ele(a) tentará retomar a ‘boquinha’, mas ignore e seja firme. Só assim você evitará se arrepender lá na frente, quando além de não ter reconhecido seu esforço, ver negado qualquer pedido de ajuda para você quando precisar do outro.
Pense nisto!

Até amanhã 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...