Translate

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Não se lamente (23) buscando a felicidade fora de si

Não faça sua felicidade depender dos outros ou de acontecimentos dos quais você não tem controle algum. Ela está e sempre estará dentro de você. Também não imagine que ela está no final do arco-íris, para onde você está correndo a muito tempo achando que encontrará algo. Ela está no caminho, em algum lugar do caminho, e é necessário estar de coração aberto para percebê-la quando surgir, senão você passará pela maior felicidade de sua vida sem nem ao menos ter ficado um segundo para senti-la.
Quantas pessoas você conhece que tem muito (materialmente) mas são infelizes? E o contrário? Então já deve ter percebido que a felicidade é endógena. Os cientistas ainda não chegaram à conclusão (acho que nunca chegarão) se há fatores físico-biológicos-genéticos que determinam a predisposição para a felicidade. Mas há fortes indícios que podemos sim influenciar nossa percepção do mundo à nossa volta de forma a ver o copo meio cheio, em vez de meio vazio.

Ter mais autoconfiança, aceitar mais suas imperfeições, tentar novamente até conseguir, acreditar que consegue, ser resiliente (aceitar os problemas e entraves que a vida te impõe como desafios), focar mais suas próprias necessidades, desejos e sonhos e se comparar menos com os outros. Estes são alguns passos para você melhorar sua percepção do mundo.
Não se esqueça também de seu corpo: alimente-se de forma saudável, durma no mínimo 7 horas por dia, de preferência nos mesmos horários, faça exercícios físicos, tome sol diariamente quando possível, por pelo menos meia hora. Não se esqueça: mente e corpo são uma coisa só. Ambos tem de estar bem para você chegar a 100% de sua energia.
Siga estes poucos passos e, gradualmente, você perceberá que independentemente do que te aconteça, será capaz de manter uma felicidade interna que te aqueça no mais frio dos invernos. Pense nisto!

Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...