Translate

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Não se lamente (30) buscando sempre o reconhecimento dos outros

Você é bom(boa), inteligente e suficientemente forte, independentemente do que os outros pensem de você. Seu valor não precisa da validação alheia, é você quem se faz valer muito ou pouco.
Você é seu princípio e seu fim. Qualquer pensamento fora desta linha é uma desculpa, incluindo aí seus possíveis arrependimentos. O fato de você se preocupar com o que pensam de você está diretamente relacionado ao fato de ter ou não um objetivo maior que guie sua vida. Afinal, você já se perguntou o que te leva a ir em frente? O que está buscando todo este tempo?
Talvez isto comece a fazer sentido a você se começar a raciocinar porque a opinião dos outros seja tão importante para você. Só a buscamos quando a nossa opinião sobre nós mesmos não é tão boa. E ela não será boa se soubermos (mesmo que inconscientemente) que não estamos buscando ser quem realmente somos. Que não estamos correndo atrás do que significa muito para nós. Que estamos deixando o tempo da vida escoar por entre nossos dedos. E para compensar esta angústia, tentamos nos preocupar com coisas mais fúteis e passageiras, como um sucesso imediato e passageiro, que compense temporariamente nossa necessidade de compensação de ego.
Se você trabalha duro diariamente em prol do que sabe que é certo, nem as piores críticas das pessoas mais próximas te afetarão a ponto de fazê-lo mudar de rumo ou abandonar tudo.
Claro que ficamos ressentidos quando as pessoas não entendem o que fazemos, buscando algo que significa muito para nós. Quando somos criticados injustamente, julgados sem nem ao menos podermos explicar e mostrar porque estamos investindo tanto de nosso tempo e energia em algo. Mas a vitória, o sucesso, é algo extremamente relativo e pessoal. Só você saberá e sentirá se realmente é um lutador de sucesso ou um fracassado. Isto nada tem a ver com poder aquisitivo, com ganhos pessoais, com reconhecimento alheio. Como dissemos em outros posts, a felicidade, o sucesso, o aprendizado está no caminho, e não no destino. Mas é preciso ter um destino ao qual alcançar, e lutar para chegar até ele. Ninguém à sua volta, por mais que te conheça, sabe exatamente tudo o que passou em sua vida, o quanto já se sacrificou por algo, quais seus valores, suas idéias, sua importância, e o que você pode contribuir para o mundo. Então, não se importe com a 'projeção' que os outros fazem sobre você. Saiba o que busca, corra atrás e seja feliz. Se todos estão errados ou certos á sua volta, pouco importa. Por mais paradoxal que possa parecer, talvez não estejam nem certos nem errados. Mas sim que o grande desafio seu seja ultrapassar qualquer barreira (física, psicológica) para chegar onde sabe que quer chegar.
Pense nisto!
Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...