Translate

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Não se lamente (34) se preocupando demais com as coisas

Siga sempre em frente. Se um problema não tem solução, solucionado está. Preocupação é inútil, quando não te leva à solução de algum problema. Se você já tentou todos os meios possível de solucionar algo que te preocupa e não achou uma solução, está na hora de pensar 'fora da caixa'. Você não está vendo a solução pois de seu ponto de vista atual ela não é visível. 
Conforme vamos ganhando experiência na vida percebemos que há problemas que se resolvem naturalmente na vida, desde que lhes demos tempo para tal. Outros são oportunidades que, no início (ás vezes mais tempo do que deveríamos) vemos como problemas. Há outros, então, que são mudanças de fase de nossa evolução como pessoas. Fases pelas quais todos nós passamos em um ou outro momento da vida. Estas mudanças de fase são marcadas por grandes crises de identidade. Se tentarmos fugir desta crise (que identificamos como problema), não conseguiremos chegar na etapa posterior de nossa evolução. Se tentarmos resolver da maneira com que vínhamos resolvendo os problemas da vida até então, iremos nos aprofundar ainda mais nesta crise. Nestes momentos o melhor remédio é admitir nossa pequenez frente à vida, e fazer deste fim de ciclo um recomeço para uma nova forma de ver o mundo e as pessoas.

Se você está chegando na casa dos 40 e fizer uma retrospectiva de suas visões da vida e do mundo já deve ter percebido isto, sendo honesto(a) consigo mesmo(a). Podemos sentir a vida como uma imensa montanha russa de emoções, ou então encará-la como um processo de evolução através de longos invernos, entremeados por felizes primaveras e verões. 
Quando se corta o tronco de qualquer árvore é possível perceber e identificar, a cada círculo formado no tronco, quantas 'primaveras' e 'invernos' ela já viveu. No inverno ela cresce menos, e o contrário ocorre na primavera e verão. Até a cor destes círculos concêntricos muda, um claro, outro escuro. São as marcas que o tempo e a vida foi trazendo a ela. E a cada novo inverno que ela ultrapassava, seu tronco estava um pouco maior, para crescer bem mais na primavera seguinte. Quanto maior a árvore, mais ela resistiu, por isto mais forte ela é hoje. Ela não pára de crescer no inverno por causa da dificuldade, nem regride por conta disto. Ultrapassar esta fase, para crescer mais à frente, é o que ela faz, para nos ensinar como devemos agir em nossas vidas também. Pense nisto!
Até amanhã!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...