Translate

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Não se lamente (38) deixando de rir de si mesmo(a)

Não passe a vida toda reclamando de tudo e de si mesmo(a). Aprenda a achar graça das coisas que dão errado, do que você não pode mudar, do que o tempo levou e te faz falta, do que o tempo trouxe e você não queria, do que deveria ser mas não é. Como dissemos em um post anterior, reclamar de tudo e todos não mudará nada, a não ser te tirar o foco do que realmente quer. Então, aprenda a achar graça da vida!
Não leve tudo a ferro e fogo. A vida é muito curta para isto. Há coisas que devemos levar muito a sério. Mas também há outras que devemos aprender a curtir, a rir, a vivenciar da maneira mais leve possível. Não transforme sua vida em uma montanha russa. Viva levemente, passo a passo em busca do que quer, aprecie uma linda flor, sorria quando for para sorrir, chore quando for para chorar, e dê muitas risadas quando houver motivo para rir. 
Não transforme problemas em grandes tempestades. Alguns deles podem  ser apenas leves contratempos, se você souber lidar com resiliência. Esta é a grande diferença das pessoas que sabem viver daquelas que sofrem vivendo.
Se você parar para analisar, a vida pode se acabar de uma hora para outra, levando todo seu sofrimento (ou alegria). Mas você só pode chorar e sorrir se estiver vivendo, na acepção da palavra (muito além de apenas respirar e estar vivo). Viva e sorria quando for possível. A vida nos surpreende com muitas coisas engraçadas ao longo de todo nosso percurso nesta terra, acontece que na maioria das vezes estamos tão preocupados e ocupados que não percebemos as coisas boas e engraçadas que passam ao nosso lado.
Tenha mais sensibilidade e humor. Seja mais alegre. Sorria quando puder sorrir. A vida também é feita de coisas doces como uma boa gargalhada. Pense nisto!
Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...