Translate

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Não se lamente (39) evitando mudanças

Conforme o tempo passa vamos aprendendo a deixar as mudanças da vida ocorrerem naturalmente, e a aceitá-las, por mais que nos doa. Não há nada mais constante na vida que as mudanças. Queiramos ou não, elas ocorrerão. Sofrer com isto é bloquear seu próprio desenvolvimento e evolução na vida. A vida é uma constante mudança, e se agarrar a algo, a alguém, a um pensamento, a um desejo, é uma luta infantil com algo que é muito maior do que nós. 
Claro que não gostamos de muitas mudanças que a vida nos impõe. Mas você deve se lembrar sempre que o caminho continua, e deve ser trilhado. É para isto que você segue vivo. Não adianta querer criar barreiras para as mudanças, achando que é capaz de proteger tudo o que ama, e se proteger de tudo o que não quer. As ondas do mar são capazes de transformar firmes pedras em areia, e só precisam de tempo para isto. Não se esqueça.

Muitas mudanças acontecem para nos fazer lembrar de quem somos, e do porque estamos aqui. Costumamos esquecer isto. Costumamos esquecer que temos um objetivo, e que muitas pessoas se sacrificaram para que sejamos quem somos hoje, para que um dia possamos alcançar aquilo pelo qual tanto lutamos. 
Mudanças são coisas boas, por pior que pareçam. Elas nos lembram o quão frágil são nossas falsas proteções, nossos falsos controles, nossos frágeis planejamentos. Uma grande onda pode vir e derrubar todo nosso castelo de areia, que tanto tempo levamos para levantar. Mas isto significa que você não deve construí-los? Não, claro que não. Há forças neste mundo muito maiores que nós, com certeza. Mas para viver e seguir em frente devemos saber lidar com o que é maior do que nós, a desviar das grandes pedras do caminho, e aprender que não há apenas uma forma de chegar aonde queremos. E no final, talvez você descubra que este lugar nem era onde você achava que devia ser. Pense nisto!
Até amanhã!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...