Translate

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Maquiavel e a capacidade de enganar-se - por Dr. José Alves de Freitas Neto - historiador e filósofo


A Mandrágora, obra escrita para o teatro por Maquiavel, aborda as principais temáticas relacionadas às obras do pensador florentino. Transposta para o campo da vida privada, as discussões sobre o cumprimento das normas, a capacidade de burlar regras, a perseguição de objetivos que produzam a glória e, ao mesmo tempo, as dificuldades morais que são postas a cada escolha concreta. Num texto ágil e bem humorado, Maquiavel nos adverte sobre nossos limites éticos e sobre a capacidade humana de enganar-se. O engano. Sem moralismos, pode ser desejado e produzir alegrias diante dos resultados. A lógica dos fins e meios passa a ser discutida numa esfera particular e não apenas na dimensão política e pública. Palestra do Dr. José Alves de Freitas Neto, Historiador e Filósofo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...