Translate

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

PASSO 2: PARE DE TENTAR 'SE ENCAIXAR'

SÉRIE: 10 PASSOS PARA TER UM ANO NOVO MAIS FELIZ
Comece, a partir de hoje, a mostrar-se como realmente sente que é, com mais conforto! Se você constantemente fica pensando em como deveria ser mas não é, e como você deveria agir mas não age, está no caminho errado para sua felicidade. Por mais certa ou errada que seja sua maneira de agir, por mais 'criticada' que seja sua forma de ser, este(a) é você, e só você saberá a hora em que sentirá a necessidade de mudar, e mudará. Mas nunca conseguirá isto (plenamente) se tentar se encaixar no 'modelo' de você que os outros criaram de sua imagem.
No fundo, só você sabe quem realmente é, o que realmente busca e quer. É sinal de grande desenvolvimento pessoal quando captamos algumas boas idéias à nossa volta de como podemos melhorar, e chegar mais próximo de onde queremos chegar. Mas isto só vale quando parte de você a decisão de mudar, conscientemente, para atingir algo que seja muito importante na sua vida.
As pessoas à nossa volta criam modelos de como deveríamos ser (mas não somos) de forma inconsciente... não fazem por mal. O ser humano tende a simplificar, em sua mente, tudo que seja muito complexo e demande tempo para se compreender... e por questão de 'economia psíquica', é mais fácil acharmos que sabemos previamente como alguém 'deve agir', 'deve ser', do que, individualmente, compreendermos que cada pessoa é um universo em si mesma, extremamente complexo, profundo, com sua história pessoal ímpar, e objetivos e desejos que até ela mesma está por descobrir.
Isto causa sofrimento, invariavelmente: tanto tentar ser quem não é, adaptando-se a modelos que outros criam sobre sua imagem, seu ser, quanto tentar ser quem é, e ser criticado pelos outros por não se 'encaixar' na imagem que fazem de você...
Mas não há dúvidas que a única alternativa que pode te levar a ser realmente feliz, é buscar ser quem é. Cada pessoa à sua volta criará uma imagem diferente de você. Cada um acreditará que você é de um jeito, que pensa de determinada forma, que age de determinado modo... será impossível para você conseguir atender à 'imagem' que criaram de você e ao mesmo tempo esquecer realmente quem é. Conheço pessoas que tentam fazer isto, que levam 'várias vidas' em uma... vidas superficiais, vidas que não são dignas de ser vividas, pois não tem profundidade, estão longe de fazê-las felizes. A dúvida que se cria na própria pessoa, de quem realmente ela é e o que ela realmente está buscando se torna tão grande, que fica aprisionada a uma imagem que não ela quem criou, imagem constantemente mutável pelo humor e vontade dos que estão à sua volta, e que cada vez mais se torna inatingível, fria, artificial, frágil.
Em Psicologia Analítica chamamos esta 'casca' de 'persona', que é o nome da máscara utilizada no antigo teatro grego para que os atores mudassem de personagem. Elas eram fixas e rígidas, mas os atores podiam usar mais de uma máscara ao longo da peça, de acordo com a cena a ser interpretada. 
Há situações na vida em que devemos colocar estas máscaras... mas devemos saber que ao final do dia, antes de dormir, devemos tirá-las. Quanto mais tempo uma máscara que não nos pertence fica em nosso rosto, mais difícil será de tirá-la, ate´o ponto em que ela gruda e nunca mais sairá, sem deformar nossa face. 
A máscara sufoca, afinal, nossa pele precisa respirar, precisa de luz do sol, precisa sentir o toque, nosso e dos outros. Mas temos o costume de nos acostumar, mesmo com as coisas que nos fazem mal, e com o tempo esquecemos disto. 
Os artistas gregos usavam sim máscaras... mas só durante a peça. Não viviam com elas no dia a dia, porque sabiam que eram apenas personagens, e sabiam exatamente quem eles eram na vida real. Quando tentamos viver, na vida real, um personagem e não a nossa própria vida, tentamos nos encaixar nestas máscaras da peça que escreveram para nós, e jogamos fora toda a vida que nos foi reservada para ser só nossa. Colocará na mão dos outros o destino da sua felicidade. Então pare e pense: se os outros se preocupam tanto em definir o que você deve ser, como deve agir, como deve pensar, será que eles mesmos atingiram sua própria felicidade a ponto de tentar definir quem você (e não eles mesmos) é? Pense nisto, e se encaixe na forma que seu coração disser que deverá se encaixar!
Até o passo 3, amanhã!
Adilson Cabral
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...