Translate

terça-feira, 12 de abril de 2016

LIBERDADE #04: DESLIGUE-SE DE QUEM NÃO TE FAZ CRESCER!

Sua liberdade só começa quando você caminha aos seus objetivos junto com aqueles que te querem bem, te apoiam de verdade, e estão presentes nos piores momentos. Quando você se prende a pessoas negativas, sugadores de energia, pessoas que nem sabem o que querem de suas próprias vidas, cai no grande buraco negro de suas vidas, do qual dificilmente sairá sem um grande esforço emocional.
Infelizmente somos capazes de nos acostumar com as piores coisas. Dentre elas, pessoas que nos afundam na vida, pessoas que não te merecem, pessoas que abusam de sua boa vontade, de seu amor, de seu carinho, sua atenção. Por muitas vezes, nossa percepção falha, por conta dos sentimentos que nutrimos por estes indivíduos, faz-nos acreditar que estamos errados por querer nos afastar. Mas não está. É seu instinto de sobrevivência.
Você só começará a se valorizar se exigir que os que estão à sua volta também te valorizem na medida que sabe que merece! Ame-se e exija daqueles aos quais cuida e dá atenção o mesmo, não se contente com menos. Aguardar o amor e o carinho daquela(e) que nunca soube o que é reciprocidade é uma das piores formas de prender-se a alguém, e de jogar fora sua própria liberdade. Para ser livre você deve agir e sentir como alguém livre: aceite em sua vida apenas as pessoas que vão para o mesmo lugar que você, se sabe bem onde quer ir. Não perca seu tempo, sua vida, suas esperanças, sua energia com quem não se importa com seu crescimento, com o que está buscando.

Muitas vezes, mesmo pessoas que vão para destinos diferentes podem ajudar-se mutuamente, naquele curto trecho da estrada antes da bifurcação da vida. Saiba valorizá-las, assim como também perceber quando a aproximação se dá apenas por interesses próprios, falta de amor próprio, egoísmo, arrependimentos e mágoas de quem não sabe lidar com seus próprios erros e quer despejá-los em cima de você. Não carregue este peso: sua mochila de viagem, a mochila de cada um de nós já está pronta, desde o início, e é suficiente para toda a viagem. Se vamos carregá-la sozinhos por toda a vida ou teremos companhia durante a caminhada, só a vida dirá, mas aprenda a não carregar o peso, nem se prender, a quem não sabe valorizar sua atenção, seu esforço, sua energia. Afinal: o caminho é longo, e tem muita gente boa e interessante ao longo dele. Deixe ficar quem não sabe nem para onde quer ir, e seja livre!
Até amanhã!
Adilson Cabral

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...