Translate

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

LIBERDADE #21: ELA NÃO É UM FIM, É UM MEIO...

Seja livre, até mesmo da sua liberdade... devemos saber a quem servir, a quem nos 'prender', de quem devemos nos 'desligar', a quem nunca devemos obedecer... mas tudo isto não simplesmente para se dizer livre, mas como primeiro passo (indispensável) de seu próprio autodesenvolvimento.
Somente sendo livre você será capaz de não culpar ninguém pelas suas próprias escolhas, e conseguirá sentir o peso real do que temos que deixar para trás para conseguir alcançar nossos sonhos... pessoas presas a situações, a outras pessoas, ao passado, a sentimentos... muitas vezes por escolha própria... continuam assim porque querem ter a quem culpar... e enquanto estiverem assim nunca conseguirão evoluir, ultrapassar esta etapa de suas vidas para outra, melhor.
Ser livre é perceber que não há culpados pelos problemas da vida. Há escolhas. E deixamos de 'brincar' de viver, para viver realmente em profundidade, quando assumimos que NÓS podemos escolher, e assumiremos as consequências e/ou frutos do que decidimos para nosso próprio caminho.
Todos nós nascemos livres, e só o deixamos de ser quando assim quisermos. Você é livre, e pode exercer sua liberdade a qualquer momento. Basta assumir a responsabilidade pela sua própria felicidade, do seu próprio desenvolvimento.

Liberdade não é apenas uma palavra... é parte de uma filosofia de vida. Ser livre é deixar o próximo também sê-lo. Da mesma forma que não estamos presos a ninguém (apenas escolhemos quem queremos ter ao nosso lado, quem desejamos seguir, quem desejamos obedecer), também não devemos prender nada nem ninguém a nós. Tudo que foi, será novamente. A vida é um ciclo, o eterno ciclo do tempo Kairótico (já falamos dele aqui no site, busque na Pesquisa). 
Liberdade é uma postura frente à vida que lhe tira o peso do passado e do futuro e te traz para o presente... sem o peso dos sentimentos, da mágoa, da ansiedade, da desesperança... você pode agir no agora, pois só somos livres hoje, neste momento. E só é livre quem faz, quem age, quem interage, quem está aberto ao novo, quem aceita o que vem e o que vai, e aceitará se o que foi voltar, assim como o que veio se for novamente... porque tudo é um ciclo, o eterno ciclo da vida. Haja, perceba, sinta... isso é ser livre. Não se prenda a julgamentos, se prenda a coisas boas, que você escolher, que você mereça, a pessoas que te ajudem a chegar onde você quer ir... é um passo, de vários outros, mas muito importante, para você chegar aonde quer ir. Seja livre, mas não só isso: viva, faça, sinta!
Até a próxima sequência de posts!
Adilson Cabral
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...